Conferencistas convidados

Sessão Plenária 1

José Luís Ramos

Centro de Investigação em Educação e Psicologia da Universidade de Évora

Pensamento computacional na Escola: uma proposta de trabalho educativo apropriada ao desenvolvimento das crianças - os Clubes Gulbenkian XXI

Computational thinking in school: a proposal for technology appropriate educational work to children's development - the XXI Gulbenkian clubs. 

Palavras chave:
pensamento computacional, aprendizagem da programação por crianças, práticas de tecnologia apropriada ao desenvolvimento

Resumo
Levando em consideração as linhas orientadoras da iniciativa nacional  “ Iniciação à Programação no 1º ciclo do Ensino Básico” ( IP1) é apresentada e justificada uma proposta de trabalho educativo destinada aos alunos do 1º ciclo das escolas participantes no projecto “ Comunidades Escolares de Aprendizagem Gulbenkian XXI”, formalmente  apoiado pelo Ministério da Educação e Ciência e pela Fundação Calouste Gulbenkian.
Esta proposta de trabalho educativo enquadra-se nos objetivos gerais da IP1, desenvolve-se a partir de  conteúdos nos domínios identificados ( tecnologias da informação e comunicação, ciências da computação e pensamento computacional) e observa a proposta de avaliação baseada em evidências das aprendizagens dos alunos a partir da recolha e análise de  vestígios e artefactos resultantes dos processos de ensino e aprendizagem.
A proposta  de trabalho educativo “Clubes Gulbenkian XXI”,  foi desenhada levando em linha de conta um conjunto de princípios assentes na perspectiva de implementar abordagens pedagógicas à tecnologia apropriadas ao desenvolvimento da criança, considerando o referencial PTD (Positive Technological Development)  proposto por Bers, M. (2014) de modo a assegurar que os conteúdos sejam abordados considerando os estádios e níveis de desenvolvimento da criança e as suas necessidades e desta forma possam contribuir para  promover o desenvolvimento global e harmonioso das crianças, através do envolvimento em atividades e  projectos com recurso às diferentes tecnologias assegurando o desenvolvimento das suas capacidades nos domínios cognitivo, motor, emocional e social.